A indústria fonográfica cresceu 7,4% em 2020, segundo a MIDiA Research

Atualizado: Abr 4


De acordo com a MIDiA Research, a pandemia global que reduziu as atividades de música ao vivo em diversos países não afetou as major Record Labels, ou seja, as gravadoras que dominam o mercado (Universal, Sony e Warner) e há inclusive dados positivos do aumento do consumo e do espaço para artistas independentes. As receitas globais de música gravada cresceram 7,4% em 2020 para chegar a US$ 23,1 bilhões em termos de receita comercial de gravadoras, em comparação a 2019. O crescimento foi de 15% no quarto trimestre de 2020, sugerindo que 2021 pode oferecer resultados ainda mais positivos. Leia o relatório completo da MIDiA Research (em inglês) no site (Ilustração original da MIDiA Research)

79 visualizações0 comentário